O Agosto chegou ao fim e sinto que se fechou um ciclo. Ou por outro, sinto que estou a iniciar um novo ciclo.

Este Agosto decidi que iria fazer pausa nas aulas de Yoga. Precisava de fazer o balanço dos últimos meses, redefinir alguns aspectos, fazer algumas escolhas e para isso, precisava de tempo disponível, de dias sem compromissos nem afazeres e disponibilidade mental para olhar, sentir e decidir. Queria aproveitar este mês para estar comigo, com os meus, sem horas nem pressas. Queria dar forma a várias ideias que trago comigo e nada melhor que este tempo para isso.

A verdade é que o mês passou a voar e trabalhei mais do que noutra altura qualquer. (Isto de fazer planos tem muito que se lhe diga :p)

Fiz babysitting a 5 crianças e o que aprendi sobre eles e sobre mim foi GIGANTE. Tive oportunidade de quebrar com alguns preconceitos que trazia, de gerir birras e amuos, de aprender que nem sempre devo perguntar às crianças “posso…?” porque há alturas em que simplesmente “tem que ser”, de comprovar que em dias de mau tempo, em que as crianças mal vão à rua, é MESMO difícil manterem-se harmoniosas. Aprendi que mais vale cansar-me fisicamente e levar duas crianças pequenas para a praia, do que nos cansarmos psicologicamente todos com o aborrecimento. Dei conta que sempre que há momentos de tensão, começo a cantar mantras e que, normalmente, isso ajuda.

Foi um mês cansativo, preenchido e que chegou ao fim. Deu para aproveitar o sol, a praia, os meus sobrinhos e a minha mãe, a piscina com os miúdos e as primeiras vezes no mar destas crianças.

Não escrevi como achava, não preparei aulas como pensava, não costurei como expectava. Mas acompanhei estas 5 crianças, acompanhei o nascimento de outra, pude ver-me de várias e novas perspectivas e estou muito grata por esta experiência.

Agora, Setembro e novo ciclo, estou prontíssima para ti!! 😀

Leave Comment

Your email address will not be published.

clear formSubmit