Já há alguns anos que, chegando a esta altura, pego no meu caderno do momento e escrevo os meses do ano.

Depois, com mais ou menos esforço, escrevo a primeira coisa que me lembro que vivi, experimentei, conquistei, sofri, nesse mês. Assim é mais fácil seguir a ordem cronológica e fazer o balanço do que se passou.

Este ano, para meu grande espanto, consegui lembrar-me de todos os meses com imensa facilidade, sem sequer recorrer a fotografias (que ajudam sempre a orientar :)).

O que partilho hoje aqui, convosco, são fotografias que representam o meu 2017, mês a mês.

Vamos a isso?

1

2

 

34

> Em Janeiro a viagem a Londres para fazer o Tantra Branco (um dia inteiro de meditação – requisito obrigatório na formação de Professores de Kundalini Yoga) que foi transformador em vários aspectos;

> Em Fevereiro a experiência de Ashram Experience em que vivi no Ashram durante 5 dias e estive tão próxima de mim mesma e a absorver tanta sabedoria;

> Em Março comecei a ir ao ginásio e aprendi a gostar de correr (finalmente! era um objectivo que trazia já desde 2016);

> Em Abril comecei a dar aulas de Kundalini Yoga em novos sítios e, pela primeira vez, dei aula para um casal grávido;

> Em Maio comecei a tomar conta desta dupla de irmãos e foi um bonito presente que o Universo me deu;

> Em Junho fomos passear pelo norte do país e fizemos os Passadiços do Paiva;

> Em Julho deu aula de Yoga a crianças e foi uma experiência encantadora;

> Em Agosto tiramos uns dias de férias, namoramos muito e comemoramos o “sim” do Gonçalo;

> Em Setembro comecei a dar aulas de Kundalini Yoga no Pós-Parto, com bebés que acompanhei desde a barriga das mães;

> Em Outubro comemoramos o nosso primeiro aniversário de casamento;

> Em Novembro concretizei um projecto que tinha rascunhado há muito e isso trouxe-me foco e energia para concretizar tudo o resto;

> Em Dezembro iniciei terapia de Rebirthing e celebrei os meus 28 anos.

Estes foram só alguns chavões que aqui estão representados pelas fotografias. Mas aconteceu tanto mais! Se quisesse pôr tudo em imagens, seria quase um e-book ahah.

Não posso deixar de agradecer a todas as famílias que me convidaram para as acompanhar, os partos que acompanhei, as alunas que se cruzaram comigo, aos pais que me confiaram as suas crianças, às clientes que receberam Huggys e me deram feedback tão positivo.

Ao Gonçalo por me apoiar sempre durante todo o caminho, acreditando, às vezes, mais em mim do que eu. Agradeço o exemplo de força, determinação e confiança que me inspira todos os dias a ser mais e melhor e, antes de tudo, a ser eu própria.

Às pessoas mágicas que entraram na minha vida, que me inspiram a seguir os meus sonhos só pelo facto de seguirem os seus. Rita, Ana, Carmen.

Foi um ano de grande crescimento pessoal porque uni, de uma vez por todas, quem eu sou ao que eu faço.

Diziam que seria um ano de tudo ou nada. Foi um ano de tudo! Cheio, vivido e superado. Grata grata grata!!