Olá, eu sou a

Sou doula de coração e por vocação. Sempre me deslumbrei com a gravidez, a maternidade e os bebés e quanto mais relembro os conhecimentos e a sabedoria que trago em mim, mais apaixonada fico por esta fase da vida em que doamos a vida.

O sono do bebé – uma primeira abordagem

No pós-parto uma das coisas mais difíceis de gerir para os recém-papás é o cansaço e a privação de sono. Acordar sempre que o bebé acordar, dar mama grande parte do tempo, tentar adormecer o bebé, colocá-lo no berço e ele voltar a acordar…
Hoje trago ao blog o tema do sono dos bebés de uma forma aligeirada para ser mais fácil a introdução ao tema uma vez que é uma área super extensa a nível de informação.
O sonho dos recém-papás é que o seu bebé durma tranquilamente durante o dia e faça o período de sono mais longo possível durante a noite. Verdade? É benéfico para os papás porque descansam e nesta fase de cansaço extremo, é de facto muito vantajoso. No entanto, é bom saber que para o bebé não é tão benéfico assim. E porquê?
É normal que os bebés acordem várias vezes e isto acontece porque têm ciclos de sono mais curtos do que os adultos. Na recém-chegada do bebé ao mundo ele tem muito mais necessidades do que formas de as expressar. Imaginem um recém-nascido com períodos de sono de 6/8horas durante a noite, como ele podia exprimir a fome que sente? Ou o nariz entupido que o impede de respirar? Ou o frio?
Os recém nacidos têm ciclos de sono de 50/60min (um ciclo corresponde a passagem de sono leve para sono profundo e volta a sono leve). Assim, se durante o período de sono leve, o bebé sentir fome, acordará com o desconforto e alertará a sua mãe. É mesmo assim que funciona e ainda bem! Acordar traz benefícios à sobrevivência 🙂
Depois de esclarecida a necessidade fisiológica do bebé acordar frequentemente, vamos ver de que forma os pais podem gentilmente acalmar o bebé:

  • passear – é verdade que o ar fresco melhora o sono do bebé. Fazer uma caminhada por dia ou reservar algum tempo para estar ao ar livre com o seu bebé vai ajudá-lo a dormir melhor as sestas do dia e o período da noite
  • massajar – a massagem infantil ajuda muito no relaxamento, para além de evitar as cólicas, aumentar o vínculo mãe-bebé e melhorar o desenvolvimento do bebé
  • luz/noite – quando nascem, os bebés não sabem a diferença entre o dia e a noite. Por isso é importante que os pais os ajudem a definir o seu ritmo circadiano expondo o bebé à luz solar indirecta durante o dia, com um quarto ensolarado e luminoso, e promovendo ambiente escuro à noite. Isto ajuda a que o bebé tenha sestas mais curtas durante o dia e períodos de sono mais longos durante a noite.
  • amamentação nocturna – a frequente procura pela mamã é perfeitamente normal no recém nascido e nada tem a ver com leite insuficiente ou fraco! O seu estômago é muito pequenino e o leite materno demora cerca de 50 minutos a ser digerido. Cluster feeding é normal a desejada, ainda que possa ser muito cansativa para a mãe. Esta é uma das razões para manter o bebé perto da mãe durante a noite, pois facilita a amamentação, diminui o cansaço da mãe e melhora o sono do bebé uma vez que mal desperta.
  • bebé por perto – partilhar o mesmo quarto ou a mesma cama (co-sleeping) ajuda a melhorar o sono do bebé mais uma vez porque o bebé não desperta com tanta frequência no período leve de sono pois pode ter um sshhh ou uma mão carinhosa a aconchegá-lo. Para além disto, há estudos que mostram que partilhar o mesmo quarto diminui a taxa de morte súbita no recém nascido e isto acontece porque os bebés não sabem ainda regular a respiração. Se reparar a respiração do recém-nascido é irregular, umas vezes mais rápida, outras mais lenta, com alguns segundos de pausa por vezes. O que acontece é que quando o bebé está dormir profundamente, se estiver num momento de pausa destas, e ouvir a respiração da mãe, é accionado o seu movimento respiratório. A respiração da mãe ajuda o bebé a regular a sua respiração.
  • dormir bem durante o dia – muitos pais têm a ideia errada de que se o bebé dormir muito e bem durante o dia, não dorme bem e prolongadamente à noite. E isto não é verdade. Um bebé que não dorme e descansa bem durante as sestas diurnas, chega à noite exausto, super estimulado e muito desconfortável. É normal que não consiga descansar, não é? O normal é que o bebé faça várias sestas durante o dia e normalmente não esteja acordado mais do que 45/60 minutos seguidos.
  • colo/pele – há poucas coisas mais reconfortantes para o recém-nascido do que sentir a pele da mãe ou do pai. Os bebés dormem muito melhor ao colo ou mantendo contacto com alguém do que sozinhos. Principalmente se têm crises de choro frequentes, o colinho e o método referido aqui, vai acalmá-los com certeza. 🙂

É importante dizer-vos que estas são algumas estratégias para usar a curto prazo (nos primeiros meses) no sentido de ajudar os bebés a acalmar e a aprenderem a serenar de forma autónoma. Quanto mais relaxados e tranquilos os bebés estiverem, desde sempre, mais serenos, felizes e saudáveis serão!! 🙂
(Adaptado de http://www.babysleepsite.com/essential-keys-to-your-newborns-sleep/ e http://bibliografiadadoula.wordpress.com/2013/08/27/8-fatos-sobre-o-sono-dos-bebes-que-todo-pai-e-toda-mae-deveriam-saber/)

Se gostaste deste post, também vais gostar destes: