Olá, eu sou a

Sou doula de coração e por vocação. Sempre me deslumbrei com a gravidez, a maternidade e os bebés e quanto mais relembro os conhecimentos e a sabedoria que trago em mim, mais apaixonada fico por esta fase da vida em que doamos a vida.

O toque é mágico!!

Bom dia!! 
Com a frequência com que se fala do “poder do toque”, este é um assunto que não é novidade para quase ninguém. Mas sabemos exactamente o que o toque na mãe produz no bebé? Vale a pena relembrar 🙂
Durante o toque:
– há produção de endorfinas – hormonas produzidas pelo cerébro que diminuem a dor e produzem mesmo uma sensação de bem-estar e boa disposição
– há fortalecimento do sistema imunitário
– há contribuição para uma vida mais longa 

Quando a mulher está grávida, e com o aumento de volume sanguíneo, os pequenos vasos sanguíneos estão dilatados e todas as sensações de toque na pele estão aumentadas! Na gravidez o toque pode ser mesmo muito útil para aprofundar a auto-hipnose, para criar laços com o bebé e até reduzir a probabilidade de laceração vaginal (através da massagem ao períneo, por exemplo).
Como pode então o toque na mulher influenciar o bebé?
Imaginem a sensação de estarem, neste preciso momento, a ser massajadas por alguém muito querido. Todo o corpo relaxa, a sensação que predomina é de segurança, descontracção e prazer. Sentem?  🙂 
Como se sentirá um bebé dentro da barriga com todas as endorfinas da mãe em circulação, com o sentimento de amor, protecção, segurança tão expandido? O bebé recebe todo este apoio psicológico da mãe e sente o mesmo que a mãe está a sentir. A massagem pode ser feita sozinha mas idealmente deve ser feita em comunhão, em partilha, em família!
Cada vez que o parceiro oferece uma massagem à mulher grávida (e 10 minutos são suficientes para cosneguir este efeito) esta não só fica relaxada como o bebé recebe sangue fresco, oxigenado e nutritivo através do útero e da placenta. 
A relação do pai com o bebé começa muito antes do nascimento e fortalece-se através destes momentos. Sabiam que o bebé sabe distinguir a voz e o toque do pai de outra pessoa? Não é maravilhoso?
Ahah, o bebé deve estar no útero a fazer figas para que o papá chegue e ofereça este mimo tão delicioso a toda a família!!
A massagem pode ser feita com óleos essenciais, com propriedades calmantes e relaxantes, como é o caso do óleo de alfazema. Podem ser massajados os pés um do outro (não é só para a mulher que há poder do toque! :)) durante 10 minutos ou partilhar banhos de óleos, em que a barriga da mamã é massajada. Isto vai acalmar e relaxar o bebé mas vai também nutrir a pele, mantendo-a elástica e prevenindo estrias!
(Que bom que é saber isto! Quando for eu a mulher grávida, vou deliciar-me com o toque do papá do meu bebé mas também com a felicidade de saber o bem que estou a fazer ao novo ser que crescerá em mim! Que maravilha!!)
(adaptado do livro “Método para um parto suave”, Dra Gowri Motha e Karen Swan Macleod)

Se gostaste deste post, também vais gostar destes: