Olá, eu sou a

Sou doula de coração e por vocação. Sempre me deslumbrei com a gravidez, a maternidade e os bebés e quanto mais relembro os conhecimentos e a sabedoria que trago em mim, mais apaixonada fico por esta fase da vida em que doamos a vida.

Tia Canguru

Como defensora do colo que sou só podia A-D-O-R-A-R o método canguru!
Quando o Salvador (o meu sobrinho mais velho) era bebé, sempre incentivei o colo. O nascimento dele coincidiu com as minhas férias da Faculdade e sempre apoiei muito a minha irmã no período pós-parto. Enquanto ela aproveitava para dormir uma sesta mais tranquila, eu ajudava o Salvador a adormecer e deixava-o dormir no meu colo pelo tempo que quisesse. 
Agora, com a gravidez do Bernardo (o meu sobrinho mais novo, ahah) decidi oferecer o pano para a minha irmã poder andar com ele ao colo mais tempo e com mais conforto. Sempre que posso, e como tia babadíssima que sou, peço-lhe para usar o pano e sentir o Bernardo juntinho a mim neste colo tão nosso é das melhores coisas que há. É uma sensação indescritível!! Sou banhada em amor e assim fico :))
Este post é muito pessoal, como podem ver, e serve de partilha! No Domingo passamos o dia em família e fomos jantar fora. Antes de sairmos, coloquei o Bernardo no pano e lá fomos nós. Antes de chegar ao restaurante coloquei-o virado para mim, peito com peito, porque ele estava com soninho e com a cara apoiada no meu peito dormiria melhor. Estivemos uns 20 minutos à espera de mesa e por isso aproveitamos esse tempo para caminhar. O Bernardo ia sendo embalado! Ia esfregando a cara, deixando cair as pálpebras, fazendo aquele gemidinho de sono e estava tudo preparado para iniciar um sono tranquilo 🙂
Quando entramos no restaurante para jantar ele já dormia! Estivemos cerca de 2horas sentados à mesa e ele, sem acordar nenhuma vez, chorou 2 ou 3 vezes. Ou com sonhos mais agitados, ou com mais barulho que ouvia à volta…a verdade é que bastou levantar-me a embalá-lo mais um bocadinho, falar com ele e dizer-lhe que estava tudo bem, para ele voltar à tranquilidade daquele sono. A minha irmã sempre ali ao lado claro, pronta para dar mama assim que ele pedisse, não fosse ela “praticante” da amamentação em livre demanda, oh yeah! 
Num post breve escrevo sobre todas as vantagens do método canguru, as vantagens dos panos e slings, as diferentes posições do bebé ao longo do seu desenvolvimento e até partilho alguns links onde podem comprar 🙂 

Se gostaste deste post, também vais gostar destes: