Parto pélvico vaginal é possível!

 

Olá!!

De volta ao meu querido blog com um tema bem definido: PARTO PÉLVICO VAGINAL.

Este vídeo que partilho convosco é um dos meus preferidos de sempre.

Por tudo quanto me transmite e mostra, de facto – o apoio e emoção do pai (é de arrepiar :’)), a liberdade de escolha da posição, o apoio de toda a equipa, a paciência da espera, e a esperança e confiança na vida e na natureza!

Depois da Daniela Ruah ter partilhado a sua história de parto , o parto pélvico e vaginal tem estado “activo” nos meus pensamentos. Por isso, ontem enquanto me despedia da médica que há 26 anos fez o meu parto cesariana porque eu estava pélvica, fui positivamente surpreendida!

Dizia-lhe eu “Já viu, a Daniela Ruah com parto pélvico e vaginal, UAU!” Respondeu-me “Sim…ainda na Segunda-feira assisti a um.” Perguntei “Mas não é comum encontrar médicos que se sintam confortáveis a assistir a pélvicos, pois não?”

“Não sei porquê. É um parto como os outros. Há bebés que estão pélvicos, outros cefálicos. Claro que é menos comum, mas é normal.”

E fiquei ainda mais contente quando me contou que conseguiu, à última da hora, convencer aquela mulher a ter parto vaginal em vez de Cesariana.

Não imaginam como fiquei feliz. Mesmo mesmo. Sentir que esta médica, com anos e anos de experiência, luta pelo parto vaginal e natural, transmitindo segurança, pondo-se ao serviço das milhares de mulheres e bebés que se cruzam com ela. AHO! Há que festejar!! 😀

Details

Relações conscientes – quem as tem?

À primeira vista, o que vos quero falar hoje, pouco tem a ver com Gravidez e Parto e Maternidade. Mas a verdade, é que Relações Conscientes são uma base importantíssima para a Saúde e Felicidade de todas as crianças (e de toda a sociedade, claro).
Quanto mais estudo Kundalini Yoga e quanto mais mergulho nos ensinamentos que estão integrados nesta Filosofia, mais a minha vida se simplifica e clarifica, e é por isso que sinto tanta vontade em partilhar convosco, com a certeza que também vocês podem, aos bocadinhos, ir ganhando uma nova perspectiva :).
Ao contrário do que se ouve tantas vezes, o Homem e a Mulher não são iguais. Fisiológica, mental e emocionalmente não são e energeticamente também não.
De uma forma muito resumida, a energia do Homem é uma energia vertical, uma energia de acção, de foco. Enquanto que a energia da Mulher é uma energia circular, horizontal, uma energia atractiva e fluída.
Details