Saiu, finalmente, o meu primeiro vídeo!! WIIIII 😀

Partilhar o que sei e o que vou aprendendo através de vídeos surgiu o Verão passado. Desde essa altura tenho andado a amadurecer a ideia, a lidar com inseguranças e boicotes e a ganhar coragem.

Este foi um dos objectivos que defini para 2018 – criar vídeos de partilhas.

Gosto muito de escrever e é algo que faço naturalmente quando estou alinhada e motivada (porque de outra forma não sai nada). Mas o falar, dar voz ao que acredito, tem-se tornado cada vez mais uma necessidade.

Comecei por colocar uma câmara ligada e falar, sem pensar muito, o que surgisse. Ri-me, espantei-me com os disparates e bloqueios que sentia (próprios da inexperiência nestas andanças), mas também me surpreendi com a diversão que causava em mim, o entusiasmo e a realização.

Pedi ajuda à minha cunhada Maria para contar com o seu profissionalismo, talento e simplicidade e experimentamos gravar os primeiros.

Não sei onde isto me vai levar. Não é isso que me motiva. O que me motiva a partilhar desta forma e a expor-me assim é poder chegar a mais pessoas e de uma forma mais genuína. Porque ainda que a minha escrita seja espontânea e honesta (acho que sentem isso quando me lêem), o vídeo tem-me inteira. Corpo, expressão corporal, voz, cara, olhos, emoções, enganos e risos.

Por isso também, claro, demorei tanto tempo a ganhar coragem. É um grande passo para mim. Que chegou na altura certa.

Deixo-vos aqui o primeiro vídeo em que falo um bocadinho sobre o que é o Kundalini Yoga e como nos ajuda no dia a dia.

Espero que gostem tanto quanto eu gosto de os fazer para vocês <3