Olá, eu sou a

Sou doula de coração e por vocação. Sempre me deslumbrei com a gravidez, a maternidade e os bebés e quanto mais relembro os conhecimentos e a sabedoria que trago em mim, mais apaixonada fico por esta fase da vida em que doamos a vida.

Yoga na Gravidez? Sim, por favor! (I)

Olá!
Antes de mais quero agradecer-vos muito pelo feedback que me tem chegado sobre o post do Gráfico da Mulher.
É fascinante para mim sentir que o que partilho de uma forma tão espontânea e honesta tem este efeito em tantas de vocês. Muito muito grata por me ajudarem a ver-me cada vez mais como Doula. É maravilhoso só por si eu sentir que sou mas é ainda mais maravilhoso sentir que irradio e expando esta paixão e esta sabedoria 🙂
Hoje trago-vos uma pesquisa que fiz sobre Kundalini Yoga na gravidez!
Estou a acompanhar uma grávida que me questionou sobre alguns exercícios e/ou respirações que podia fazer durante a gravidez. A J. sabe que faço KY e por isso perguntou-me em jeito de partilha. Como ainda (AINDA!! Está quaseeee :D) não sou professora, fiz uma pesquisa simples que faria para mim própria, enquanto praticante. 
Quero deixar bem claro que qualquer actividade física (Yoga inclusive) durante a gravidez deve ser aconselhada com o médico assistente ou parteira!
O yoga é uma prática benéfica durante toda a vida (fala uma apaixonada!) e durante a gravidez tem vários benefícios como manter a forma física, ajudar nos desconfortos frequentes da gravidez e potenciar o equilíbrio mental e emocional. Ajuda a grávida a conectar-se com o seu corpo e ajuda muito também na ligação com o bebé. Mantermo-nos activas durante a gravidez é importante para a mulher se sentir saudável e forte e preparar-se também para o parto e pós-parto.
Existem 4 posturas de Yoga que a grávida pode fazer diariamente:

 

> Postura de Borboleta <

Esta postura é óptima para trabalhar a zona pélvica, bacia e virilhas.
Para mulheres que sentem dor nos quadris esta pode ser uma boa posição para sentar mesmo quando não está a fazer yoga.

> Postura de Gato – Vaca <
A posição Gato – Vaca é feita em 4 apoios. Colocamos as mãos à largura dos ombros e os joelhos à largura das ancas. Em posição de gatas, alternamos a coluna em “gato eriçado” – como na imagem acima e em “vaca” – em curvamos a coluna no sentido contrário, arqueando e a cabeça para cima.
Esta posição ajuda a alongar e relaxar a zona lombar, melhora a circulação sanguínea e liberta um pouco o peso da barriga. Também ajuda no posicionamento do bebé quando feita regularmente até às últimas semanas de gravidez.
Nesta postura é preciso ter cuidado quando fazemos a postura “Vaca” para não exagerar a curvatura lombar uma vez que esta tem tendência para aumentar na gravidez pelo peso da barriga.
> Postura de Agachamento <
Esta postura abre a zona pélvica recorrendo à força da gravidade e é o melhor ângulo para o bebé descer. Durante a gravidez esta postura fortalece e alonga os músculos das costas e bacia e pode ser durante toda a gestação e até durante o trabalho de parto. Só ter atenção e evitar fazer nas últimas 6 semanas da gravidez caso o bebé esteja de pés ou não seja conhecida a posição do bebé.
> Balançar os braços <
Esta sugestão não é tanto uma postura mas um exercício. Há várias formas de o fazer. A ideia é balançar os braços lateralmente durante algum tempo (podem ver um vídeo aqui). Este exercício tem potencia vigor e resistência e desenvolve a capacidade mental de “ir em frente”. É uma boa forma de nos preparar-mos mentalmente para o parto.
É importante e DELICIOSO usufruir de todos estes benefícios. Para além da actividade física, o Yoga vai muito mais fundo. Por experiência pessoal vos digo! 🙂
Fazer Yoga durante a gravidez permite-nos sentir paz e harmonia e consequentemente transmitir estas sensações ao bebé (que está em formação!). Ajuda-nos também a equilibrar emocionalmente (que é fundamental nesta altura com tantas alterações hormonais a acontecer).
A prática regular de Yoga ajuda-nos a mudar a perspectiva e abre-nos a consciência. Aprendemos a deixar ir, a aceitar desafios, a confiar na Vida e no Universo.
E que melhor altura para confiar se não a gravidez??
Nos próximos posts partilho convosco alguns exercícios de respiração (pranayama) sugeridos para a gravidez e ainda alguns mantras e meditações!! 😀
Até já,
Grata*

 

(texto traduzido e adaptado de http://www.spiritvoyage.com/blog/index.php/prenatal-yoga-4-yoga-poses-to-use-daily/ 
http://www.spiritvoyage.com/blog/index.php/prenatal-yoga-meditations-for-pregnancy/
imagens retiradas de  http://pregnancysigns.net/pregnancy-yoga/pregnancy-yoga-7/ e 
http://www.pregnancy-to-childbirth.com/pregnancy-yoga-poses.html)

Se gostaste deste post, também vais gostar destes: